Mais um copo

Há sempre espaço pra mais um copo,
há sempre tempo pra mais um copo,
há sempre lugar pra mais um copo,
há sempre álcool pra mais um copo.
Mais um copo de uísque,
depois há algo que se imagine
mais um copo de cerveja,
ou o que quer que seja
mais um copo de vodka,
pouco me importa.
-“Mais um copo”, grita o outro ali da mesa
para o amigo que se chega
acompanhar-lhe na bebida.
Mais um copo é o que basta para mim
é o início e o fim
do que se pode imaginar.

Published in: on quinta-feira, 17 julho, 2008 at 23:40  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://danilodeoliveira.wordpress.com/2008/07/17/mais-um-copo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. KKKKKK

    Muito massa e realista esse poema!!!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: